Forum Vampire Knight

O forum sobre o maravilhoso anime e manga Vampire Knight!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 † Yuuki x Zero Love †

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: † Yuuki x Zero Love †   Seg Dez 29, 2008 10:16 pm

Ok malta...vou colocar aqui parte da minha fic...depois se vocês gostarem, eu vou metendo mais xD

Não sabia bem que título dar a ela... nunca me ocorrem grandes expressões...por isso ficou mesmo "† Yuuki x Zero Love †", porque é mesmo sobre isso que ela trata ^^ o amor deste dois! (erm...eu fiz a personagem do Kaname um bocadinho assim mais pó má que no mangá/anime xD por isso não se assustem x) )

Ora, quanto a detalhes...

A fanfic ainda está a ser desenvolvida, neste momento estou a escrever o capítulo VIII...nem sempre tenho tempo pra escrever, sabem como são estas coisas =/ vida de estudante com trabalho à mistura e tal...
Ah, e se virem erros e tal...sorry xD

De qualquer maneira, ficam aqui o nome dos capítulos já desenvolvidos:

† Capítulo I – Pesadelo †
† Capítulo II – A conversa †
† Capítulo III – O encontro †
† Capítulo IV – O primeiro beijo †
† Capítulo V – Acidente †
† Capítulo VI – Declarações †
† Capítulo VII – Tempestade †
† Capítulo VIII – O beijo do inimigo †
† Capítulo IX – Revelações †


Eu só vou postar aqui até ao capítulo III Razz depois se gostarem, eu meto mais ^^

Então cá vai:


Capítulo I - Pesadelo


– “Yuuki….” – Zero sussurrava, enquanto dormia no sofá da sala comum. Sonhava com ela, mas não era um sonho qualquer. Era um pesadelo terrível, onde a encontrava morta. E quando sentia a raiva surgir dentro de si, e tentava perceber quem teria cometido tamanha crueldade, apercebeu-se que tinha as mãos e o corpo cobertos de sangue…assim como a sua boca. Zero tinha sido o responsável pela morte de Yuuki…e quando se apercebeu disso, soltou um grito amargo, desesperado:
– “YUUKI!!!”

Com esse grito acordou, angustiado e a tentar perceber como é que estavam à frente dele aqueles lindos olhos castanhos, sempre tão meigos, gentis, que o olhavam como se nada se tivesse passado. Os olhos de Yuuki.
– “Zero! O que aconteceu?”
– “Yuuki!..Desculpa-me. Eu…tive tanto medo que…”
(Silêncio)
– “Medo de quê Zero? Podes me contar tudo, não temos segredos!” – Yuuki falava com carinho para Zero – “Sabes que somos como irmãos, fomos criados juntos…Apesar de não falares muito, conheço-te muito bem Zero.” – Yuuki explicava, calmamente, com um sorriso nos lábios, olhando para o semblante triste e agonizado de Zero.
– “Oh, Yuuki…” – Yuuki ainda não se tinha apercebido que Zero a olhava não como uma “irmã”, mas como uma mulher. Como o seu grande amor. Zero tinha tanto medo de a perder, de ficar longe dela, que era capaz de suportar os comentários de Yuuki sobre Kaname, aquele vampiro desprezível e mau carácter, mas por quem quase todas as raparigas suspiravam. Não que isso interessasse a Zero; Kaname poderia ter todas as raparigas à sua volta. Todas…excepto a doce Yuuki… – “…não tive medo de nada Yuuki, esquece…só tive um pesadelo…” – Zero revirava os olhos, triste por saber que toda aquela preocupação era apenas um sentimento fraternal, “de irmã”, como ela própria tinha feito questão de sublinhar.
– “Pesadelo? Zero-kun!!” – Nisto, Yuuki não se conteve e pulou para os braços de Zero, numa tentativa de o reconfortar. Ao sentir o calor do abraço de Yuuki e o seu doce cheiro, Zero ficou menos angustiado…porém, começou a despertar nele aquela sede incontrolável que se dava sempre que estava demasiado perto de Yuuki…sede pelo seu sangue…assim como o desejo de a ter nos seus braços, para sempre. Desejos incompatíveis com a sua natureza, assim como com os sentimentos da rapariga que estava a abraçá-lo.

– “Yuuki…eu…”
– “Shhh…deixa-me abraçar-te, Zero…como quando éramos pequenos e tinhas medo…Tudo vai ficar bem…tudo…”
– “Oh, Yuuki….” – Para Zero era tão difícil controlar-se quando ela estava assim tão perto dele…sentir aquelas mãos macias, o seu calor…sentir aquele carinho todo…”Porque é que me fazes isto, Yuuki?...o que é que eu sou para ti?..não sou apenas um irmão?..” – divagava Zero pelos seus pensamentos…no entanto, a razão veio ao de cima, e Zero meteu um ponto final naquela tortura física e psicológica que era o abraço de Yuuki:
– “Chega. Eu adormeci, mas está na hora da nossa patrulha, Yuuki.” – E Zero largou Yuuki dos seus braços com alguma brusquidão, para não demonstrar o quanto tinha gostado do seu reconforto. Yuuki ficou com uma expressão de dúvida e indignação quando Zero a largou, no entanto foi obrigada a concordar com ele:
– “Sim Zero…já consigo ouvir os gritos histéricos das raparigas…temos de nos apressar!”
– “Vai andando para lá, Yuuki. Eu vou só vestir o meu uniforme e lavar a cara para ver se me passa o…sono. – Zero sabia bem que sono não era o seu maior problema…mas sim o cheiro doce e tentador da sua “irmã”.
–“Ok Zero, até já!” – E Yuuki saiu a correr, deixando Zero de pé, ao lado do sofá, olhando para ela, a pensar em como gostava da sua espontaneidade…
Ah, Yuuki…quem me dera que me deixasses amar-te…

Zero ficou mais alguns minutos na sala, a tentar restabelecer-se. Quando ficava assim tão perto de Yuuki, o seu estado ficava completamente alterado. “Tenho de começar a tentar controlar-me melhor…qualquer dia nem nas aulas vou conseguir ficar perto dela…
Passados alguns minutos, quando se sentiu completamente restabelecido, Zero preparou-se para sair. No entanto, quando já se encontrava no portão da Day Class, uma figura que ele tão bem conhecia aproximou-se dele.
Isto não vai ser bom…” – reflectiu Zero, ao ver aquela silhueta desprezível, cada vez mais perto do portão.

~end do capítulo I~


Última edição por Yuuki_Bliss em Ter Jan 06, 2009 10:41 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Seg Dez 29, 2008 10:17 pm

Capítulo II – A conversa


– “Meninas! Todas para trás, já!” – Yuuki gritou, em vão, não obtendo qualquer atenção das raparigas que se acotovelavam para ver a Night Class.
– “Façam o que a monitora vos pede. Sejam boas meninas!” – Aidou-Senpai fazia questão de espalhar o seu charme pelas alunas da Day Class. Uma ordem vinda dele era acatada com prazer por todas as alunas.
Estranho…o Zero ainda não apareceu…será que ele adormeceu no sofá outra vez?” – pensou Yuuki, enquanto agradecia aos céus o facto de Aidou-Senpai a ter ajudado.
– “Yuuki-chan? Posso falar contigo um instante?”
– “Claro, Aidou-Senpai. Mas tem de ser rápido, ou as alunas ainda me matam!”
– “Hm, pois…hehehe…sou demasiado charmoso não é? – Aidou sentia-se sempre extremamente vaidoso com a atenção de todas aquelas raparigas – Bem, só te queria transmitir uma mensagem do Kaname-sama…”

Entretanto, do outro lado do Campus, perto da entrada da Day Class, encontravam-se Zero e…Kaname.
– “Diz logo o que queres, Kuran. Não posso perder o meu tempo com coisas como tu.”
– “Ah Kiryuu Zero…estás a sair-me muito refilão para o meu gosto…Sabes que basta eu estalar os dedos e a Yuuki passa a vir para o meu lado, certo? Portanto comporta-te, antes que eu te tire o prazer da companhia dela de vez…”
Crápula… agora ameaça-me com a única coisa que me faz pensar duas vezes…a Yuuki…” – pensou Zero – “O que quererá este imbecil?”
– “Só te vim dar um aviso. Se por algum acaso eu souber que tentaste tocar nela de uma maneira, digamos, diferente…eu acabo contigo!”
– “Eu nunca seria capaz de fazer algo que a Yuuki não quisesse. E infelizmente, parece que ela é apaixonada por ti…” – Zero engoliu em seco quando proferiu estas palavras. Saber disto doía muito. Mas infelizmente, Yuuki sempre venerara Kaname desde pequena…
– “Menos mal Kiryuu…ao menos sabes o teu lugar nesta história. A tua única função é proteger a Yuuki quando eu não posso…de resto…és um verme inútil, e eu vou acabar contigo assim que a Yuuki não precisar mais de ti.”
– “E tu hás-de engolir essas palavras, cretino” – pensou Zero, cerrando os punhos.
Dito isto, Kaname deixou Zero e avançou para o seu campus. Zero apareceu minutos depois, quando os alunos da Night Class já estavam a ir embora.

– “Zero!! EU ESTIVE SOZINHA HOJE!!! Onde é que te meteste, hm?? Adormeceste outra vez?” – Refilou Yuuki, dando-lhe murros no peito até se cansar. No entanto, como Zero não reagia, Yuuki parou e olhou Zero nos Olhos. Estavam apenas os dois. A Night Class já estava nas aulas, e as raparigas da Day Class já tinham ido embora, na direcção dos dormitórios…
– “Zero…o que se passa?..não estás a reagir aos meus socos…não é natural…estás bem? Chegaste atrasado…aconteceu algo?”
– “Yuuki…eu...” Zero falava na sua habitual voz rouca. Se já era de poucas palavras, agora tinha ficado sem nenhumas. Ver Yuuki preocupada com ele fazia-o sentir-se de certa forma especial…mas que significado isso teria? Ele era apenas um monstro…cuja única habilidade era proteger Yuuki…Depois de reflectir nas palavras de Kaname, reconsiderou-as; se calhar, Kaname tinha razão…o melhor seria ser apenas um protector de Yuuki, e não alimentar quaisquer esperanças em relação a ela…
Não saía mais nada da boca de Zero. Ele simplesmente não conseguia dizer uma única palavra. Aquele pensamento, de que ela nunca sentiria nada por ele, arrasou-o…E uma lágrima desceu pelo seu rosto…
– “Zero!! A chorar?? Não Zero! Eu não te quero ver triste, quero-te ver sempre a sorrir…por favor Zero!...”
E nisto, Yuuki afagou a lágrima que pendia sobre o queixo de Zero, e abraçou-o carinhosamente. Yuuki envolveu os seus braços no corpo de Zero, e este, instintivamente, encostou a sua cabeça no ombro dela…então, envolveu-a também nos seus braços, sentindo-se um miúdo, mas não conseguindo conter esta necessidade de afecto…
Ficaram assim alguns minutos. Depois, Zero afastou-se um pouco de Yuuki, e olhou para o céu. Já estava completamente de noite, e as estrelas brilhavam com uma estranha intensidade. “Se eu acreditasse nestas palermices, até que pedia um desejo à mais brilhante…” – pensou Zero.
– “Zero…sentes-te melhor? Nunca te tinha visto chorar…não gosto de te ver assim…” – Yuuki sentia-se estranha ao dizer aquelas palavras, e ao mesmo tempo tinha um desejo enorme de saber o quê ou quem estaria a fazer tanto mal a Zero, ao ponto de ele chorar mesmo à sua frente. Seria a sua condição de vampiro? Zero sempre tinha sido forte em relação a esse assunto…o seu ódio por vampiros superava sempre a tristeza que sentia por ser um, e por saber que cedo ou tarde iria se tornar num Level-E.
– “Não estou nem pior nem melhor, Yuuki; mas não quero que tenhas mais preocupações na tua cabeça. Não é teu dever proteger-me…portanto esquece isto que presenciaste agora…” – Zero abanava a cabeça em tom de desaprovação – “Eu é que tenho de te proteger…Yuuki baka…
– “O quê Zero?? Como não é meu dever? És meu irmão!! Mesmo que sejas apenas um irmão de criação, fazes parte do círculo das pessoas que eu mais gosto e com que mais me preocupo. Quero que sejas feliz Zero…por favor.” – Yuuki escondia agora a cara entre o seu cabelo. Começava a sentir-se realmente incomodada com as palavras que proferia mas…estava a ser tudo muito natural, espontâneo…e era natural ter esta preocupação com um irmão de criação…não era? À sua frente, Zero continuava a admirar o céu estrelado.
– “Yuuki…já viste as estrelas no céu? E a lua, magnífica? Agora imagina…eu sou uma dessas estrelas insignificantes…existem milhares, pelo que conseguimos observar…Agora tu, Yuuki…tu és aquela lua imensa, que se destaca no céu. E eu só quero que estejas bem…isso basta-me para ser feliz…” E depois disto, Zero afastou-se, em direcção ao jardim comum, com Yuuki paralisada, a olhar para a sua figura a desaparecer no meio das árvores.
Zero…isso foi das coisas mais bonitas que já me disseram…e eu juro que vou descobrir porque é que estavas tão triste…” – pensou Yuuki, enquanto se dirigia para o lado oposto por onde foi Zero, para acabar a patrulha daquela noite…

~end do capítulo II~


Última edição por Yuuki_Bliss em Ter Jan 06, 2009 10:43 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Seg Dez 29, 2008 10:19 pm

Capítulo III – O encontro


– “Yuuki-chan, acorda…” – Yori chamava a amiga, que mais uma vez se encontrava a dormir, atrasada para ir para as aulas.
– “Hmm…Zero…não, Zero…não chores…” – Yuuki sonhava com Zero, e Yori sentiu-se um pouco envergonhada por estar a ouvir o sonho da amiga, pelo que desistiu de a tentar acordar e foi-se embora.
Na sala de aula, já se encontravam todos os alunos da Day Class, incluindo Zero, que tentou esconder o seu desapontamento ao ver Yori chegar sem Yuuki.
– “Yori-chan, a Yuuki não veio contigo?”
Ao ouvir a pergunta de Zero, Yori sentiu-se corar, ao lembrar que tinha ouvido o sonho da amiga com ele…
– “Ahmm….ela ficou a dormir Zero-kun…não tive coragem de acordá-la…parecia muito agitada, a sonhar, pelo que achei melhor deixa-la a descansar…”
Um sonho agitado? O que a estará a preocupar?..” – pensou Zero – “Ok Yori, obrigada…se calhar é melhor mesmo deixarmos a preguiçosa da Yuuki dormir….”
No final das aulas da manhã, Zero resolveu dirigir-se ao quarto de Yuuki, para tentar descobrir se ela já estava acordada e bem-disposta, sem que ela soubesse, obviamente. Zero aproximou-se da porta do quarto de Yuuki, e ouviu um som estranho. Preocupado, mas sem querer que Yuuki notasse a sua presença, Zero resolveu encostar o seu ouvido à porta, para tentar ouvir melhor. Nesse preciso momento, a porta abriu-se e Zero caiu para cima de Yuuki, que ficou bastante zangada:
– “ZERO!! Estavas a ouvir atrás da porta?? Eu estava sozinha, mas e se estivesse com alguém??”
– “Ora…eu…só vinha ver se te chamava para ir almoçar, e queria ter a certeza que estavas acordada, daí ter ficado a tentar ouvir algum som teu atrás da porta” – mentiu Zero, mostrando um ar de indignação.
– “Hmpf. E agora que já sabes que estou acordada, queres fazer o favor de sair de cima de mim? Estás a magoar-me!..” – mentiu Yuuki, constrangida por ter o corpo de Zero tão perto daquela maneira…
– “Perdoa-me Yuuki, eu…Yuuki! Estou a sentir o teu sangue!” – os olhos de Zero incendiaram-se. Era como uma droga, aquele sangue. Despertava o monstro nele adormecido, e com ele uma sede incontrolável…
– “Zero…acho que me magoei nas costas, quando caíste para cima de mim…se quiseres, podes beber…afinal, é sangue desperdiçado se não o fizeres….”
– “Yuuki…eu não queria ter de te fazer isto…mas esse teu cheiro…é quase…incontr…” – Zero não aguentou mais; virou Yuuki bruscamente de costas para ele, puxou-a para perto de si, rasgou-lhe a camisa e passou delicadamente a sua língua naquele fio de sangue doce e quente que escorria da ferida de Yuuki, bem perto do seu ombro esquerdo. Yuuki sentia o seu corpo estremecer enquanto Zero passava a língua através das suas costas.
Zero direccionou-se então ao seu pescoço. Finalmente, as suas presas encontraram a pele de Yuuki. Assim que a sua pele foi perfurada, Yuuki sentiu um arrepio percorrer-lhe o corpo todo; não sabia explicar o porquê desta sensação. As mordidas de Zero deveriam de a deixar apavorada; no entanto, ela sentia um esgar de prazer. Sentia-se sempre a balançar no limiar da dor física e do prazer de ser mordida, e não entendia o significado de todas estas sensações.
Enquanto bebia do sangue de Yuuki, Zero abraçava-a de modo afectuoso, envolvendo-a com muito carinho e tentando ao máximo que esta experiência fosse o menos dolorosa possível para ela. Zero nem sequer sonhava que Yuuki gostava de ser mordida por ele.
(um minuto e muitos slurps slurps depois…)
– “Yuuki…sou um monstro…não sou?” – disse Zero por fim, ainda extasiado pelo gosto do sangue, assim como pelo contacto com a pele dela.
– “Zero…” – Yuuki virou-se para ele, limpando-lhe algumas gotas de sangue que escorriam da sua boca – “…Não importa que bebas do meu sangue…se isso contribuir para que a tua existência não seja tão difícil, eu fico contente por te fazer feliz! Não és nenhum monstro!!”
Basta estares ao meu lado para me fazeres feliz, Yuuki baka…” – pensou Zero, contemplando a face serena da rapariga. No entanto, de repente, a mesma alterou-se, e Yuuki levantou-se num salto:
– “Oh! Daqui a pouco já é quase hora do almoço! Tenho de ir Zero, quase que me ia esquecendo do recado do Aidou-senpai…o Kaname quer se encontrar comigo às 12h…tenho de ir!” – e dito isto, vestiu o casaco de rompante, colocou um lenço no pescoço e saiu do quarto a correr, deixando Zero sentado no chão, a olhar para a porta escancarada.
Ela está cheia de pressa para ir ter com o Kuran…nem sei porque é que isso ainda me espanta! Nem de camisa mudou, sinceramente...” – pensou Zero, enquanto tomava coragem e se levantava do chão. Agora que pensava nisso, Zero não se lembrava de ter ouvido Yuuki falar com Aidou-senpai…teria sido quando ele e Kaname estavam a “conversar”?
– “Aquele cretino…pediu ao Aidou para dizer à Yuuki para se encontrar com ele hoje, de maneira a que eu não soubesse! Será que ele lhe vai fazer alguma coisa? Tenho de seguir a Yuuki!” – e Zero saiu disparado, tentando alcançar minimamente Yuuki, seguindo o rastro do seu sangue, que ainda deixava um doce aroma no ar…

Lá estão eles os dois…” – Zero observava de longe, atrás das árvores, as figuras de Yuuki e Kaname junto da fonte do jardim comum. Tentando não fazer barulho, Zero ficou escondido ouvindo a conversa dos dois, pronto para agir caso Kaname tentasse de alguma forma fazer mal a Yuuki (entenda-se por mal uma tentativa de a transformar em vampira):
– “Kaname-senpai! Recebi a tua mensagem. Não cheguei atrasada, pois não?”
– “Yuuki…tinha saudades tuas…e chegaste mesmo na hora marcada, minha querida…”
– “Kaname-senpai…” – Yuuki sentiu-se corar com aquelas palavras.
– “Estou a ver que o Kiryu te mordeu novamente…” – afirmou Kaname, enquanto revirava os olhos e fazia um ar reprovador…
– “Kaname…o Zero precisa do meu sangue para sobreviver…não posso, nem quero que ele se torne um Level-E!”
– “Entendo, Yuuki…mas…eu acho injusto que o Kiryu-Zero possa beber do teu sangue, e eu não possa…sabes que gosto muito de ti, Yuuki…e dói ver a tua atenção repartida com ele…” – Kaname estava a fazer uma pequena declaração a Yuuki. No entanto, esta em vez de se sentir radiante, sentiu-se estranha, fragilizada. E pela primeira vez na vida, equacionou na sua cabeça a imagem de Zero ao lado da imagem de Kaname. As palavras que Kaname proferia contra Zero eram injustas…Yuuki sempre soubera repartir bem a sua atenção por toda a gente; no entanto, Kaname parecia não querer a sua atenção repartida com a de Zero…
– “Entendo, Kaname…eu também gosto muito de ti…desde pequena, sabes como te adoro…mas…eu não posso abandonar o Zero nesta fase da vida dele. O que me estás a pedir é extremamente egoísta…nunca pensei que me pudesses pedir tal coisa...”
Zero, que ouvira toda a conversa, sentia-se feliz. Yuuki de facto importava-se com ele…e agora até tinha recusado um pedido de Kaname…
– “Yuuki…não tinha intenção de te magoar…é que se tu soubesses…” – proferiu Kaname, com voz de veludo, sob o olhar magoado de Yuuki.
– “Se eu soubesse o quê, Kaname? Nunca ninguém me foi capaz de dar respostas sobre o meu passado…será que és tu o guardião desse segredo?”
– “Yuuki…é melhor terminarmos esta conversa por aqui. Ainda não estás preparada para saber mais sobre o teu passado…desculpa-me.” – E Kaname beijou a testa de Yuuki, afastando-se de seguida, deixando-a com os olhos brilhantes de frustração, cheia de dúvidas e de pensamentos angustiados no seu coração.

~end do capítulo III~




E pronto, como prometido, os primeiros três já estão aqui!

* foge e esconde-se *

xD


Última edição por Yuuki_Bliss em Ter Jan 06, 2009 10:44 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Black Moon
Vampiro Sangue-Puro
Vampiro Sangue-Puro
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1355
Idade : 22
Localização : Colégio Cross (Night Class)
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Seg Dez 29, 2008 11:27 pm

Wow! =O

Sugoi!
Simplesmente adorei! :eyes:

Adorava ver o Zero a chorar :X.X:

Quero mais! Onegai...

está tao lindo!

_________________

A sign diz tudo~end x3
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumvampireknight.forumeiros.com
caroldot
Vampiro
Vampiro
avatar

Feminino Número de Mensagens : 418
Idade : 22
Localização : Brasil
Data de inscrição : 03/09/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Ter Dez 30, 2008 12:16 am

É simplismente perfeito!

ADOREI!!! :eyes:

Quero mais!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miiya-chan
Vampiro Ex-Humano
Vampiro Ex-Humano
avatar

Feminino Número de Mensagens : 341
Idade : 23
Localização : Lixbuna xD
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Ter Dez 30, 2008 1:24 am

Gostei ^^
Está muito fixe ^^
Mais...mais !!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kagome_chan
Congregação de Vampiros
Congregação de Vampiros
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1647
Idade : 24
Localização : Night Class! ^-^
Data de inscrição : 24/10/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Ter Dez 30, 2008 1:41 am

OmG!

Adorei, adorei!
Ainda só vi até metade do 2º capitulo, mas vou ler o resto depois <3
E faço comentários ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://temposdelazer-oblog.blogspot.com/
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Ter Dez 30, 2008 1:48 am

Anda bem que estão a gostar =D ^^

amanhã posto outro capítulo Razz

btw, ainda só tive tempo de ler a fic da Bela, mas assim que tiver tempo leio as outras todas que aqui estão ^_^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Yuuki_Z
Congregação de Vampiros
Congregação de Vampiros
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1600
Idade : 27
Data de inscrição : 26/10/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Ter Dez 30, 2008 6:23 pm

omg amei :O

so uma sugestao: quando os personagens tao a pensar mete tipo em italico para se perceber logo que é um pensamento ^^

mas tá um mimo....

tambem nao posso falar muito que para mim tudo o que tenha ZeroXYuuki é assim um love ❤

mas apesar de gostar muito so por ser do pairing, tambem gosto muito plas capacidades da escritora Very Happy well done Very Happy

quero mais ò_ó (senao roubo a sra foice à moo-chan) xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Ter Dez 30, 2008 10:09 pm

Oh bolas eu no word tenho em italico...nem reparei que aqui não ficava! bah pos copy pastes =P
Obrigada por me avisares! ^^

então e como prometido...aqui vai outro capítulo! =D (e desta vez vou ver se meto tudo como deve ser ^^)


Capítulo IV – O primeiro beijo


Depois de ter ouvido toda aquela conversa entre Yuuki e Kaname, Zero sentiu-se mais leve e mais alegre…por onde passava, deixava os alunos especados a olhar para ele, curiosos com o facto de Kiryuu Zero, sempre de semblante desafiador e temível, estar agora com um sorriso nos lábios e um brilho estranho nos olhos.
Zero sabia agora que Yuuki sentia de facto carinho por ele, e mesmo que fosse apenas como amigo, o facto de ela desafiar os pedidos de Kaname em prol do seu bem-estar já o deixava feliz.

Depois daquela estranha tarde, o dia finalmente chegou ao fim, e com ele a necessidade de patrulhar mais uma vez a Academia.
Yuuki e Zero, que tinham jantado juntos com o seu pai adoptivo, não tinham proferido uma única palavra durante o jantar. Yuuki estava angustiada…e Zero, ao vê-la dessa maneira, não tinha coragem sequer para abordar o assunto…não queria que ela soubesse que ele a tinha seguido até ao seu encontro com Kaname. A alegria que Zero tinha durante a tarde desvaneceu-se imediatamente, ao ver Yuuki naquele estado – “Sou mesmo egoísta…fiquei feliz por Yuuki ter rejeitado Kaname, mas não vi que talvez isso a fizesse sofrer…sou um monstro…toda esta situação a faz sofrer…não posso ser igual a Kaname!” – reflectiu Zero, pensando então numa forma de alegrar Yuuki. Infelizmente, Zero era de poucas palavras, e não conseguiu encontrar nada nem nenhuma palavra que a confortasse…Ele tinha receio da reacção dela.

Depois do jantar, veio mais um anoitecer perturbado pelos ataques histéricos do grupo feminino da Day Class. Zero foi exemplar, no que toca ao afastamento das raparigas, e por isso Yuuki nem teve de se movimentar muito entre elas. Apesar disso, Yuuki continuou silenciosa…e isso estava a deixar Zero demasiado preocupado.
Assim que todas as raparigas da Day Class desistiram de observar os seus ídolos, Yuuki e Zero viram-se mais uma vez sozinhos na noite, prontos para mais uma patrulha. Os dois seguiram rumos distintos na sua guarda, pois Zero não queria forçar Yuuki a continuar na sua companhia… no entanto quis o destino que se encontrassem os dois junto do lago do jardim do Campus, passadas exactamente duas horas…já estavam no fim da patrulha.

– “Yuuki…hoje estiveste tão calada a noite toda…” – Zero não aguentava mais; tinha de perguntar a Yuuki o que se passava com ela.
– “…Eu sei Zero. Tenho estado imersa nos meus pensamentos… desculpa se fui de algum modo rude contigo.”
– “Yuuki…” – Zero aproximou-se de Yuuki, olhando-a nos olhos, como que transmitindo sentimentos nunca antes revelados. O seu olhar era doce, ternurento, e Yuuki sentiu as mãos de Zero segurarem a sua face – “Seja o que for que te atormenta, quero que saibas que estou aqui para o que precisares…”
– “Oh Zero…eu…eu de facto gostava de te perguntar uma coisa…”
– “O que é, Yuuki?” – Zero continuava a acariciar a face de Yuuki, impelido por uma coragem súbita, talvez devido aos acontecimentos da tarde passada. Yuuki tinha a face quente e rosada, e os seus olhos brilhavam.
– “Zero…porque é que…tu ontem à noite estavas tão triste?..porque é que choraste?..”
– “Yuuki…eu…não sei se estou preparado para te contar…”
– “Conta-me Zero…por favor…eu fiquei tão preocupada contigo...ainda estou!”
– “Oh, Yuuki…” – Zero não sabia o que fazer. Por um lado, não podia revelar todos os sentimentos que nutria por ela; por outro, não queria mentir mais a Yuuki, e queria mostrar que podia ser bem melhor que Kaname….Seria possível que ela estaria assim, distante, pensativa e perturbada, por causa de si próprio?
– “Yuuki…será que queres mesmo saber?..”
– “Ahhh! Até tu Zero?? Até tu, com segredos para mim?? Baka!!” – Yuuki começou a chorar compulsivamente, e Zero, ao ver Yuuki tão triste, não se conseguiu controlar. Num impulso, abraçou-a com todo o seu amor, ao mesmo tempo que beijava todos os cantos da sua face por onde caíam lágrimas – “Não chores Yuuki, por favor…isso parte-me o coração…” – Yuuki olhou envergonhada para Zero, e este avançou a sua face lentamente contra a dela. Os olhos entreabertos de ambos começaram a fechar-se; a respiração quente de Zero foi de encontro à de Yuuki, e os lábios de Zero roçaram levemente os dela, começando um beijo tímido, mas intenso…
O nosso primeiro beijo…” – pensava Zero, enfeitiçado com tanta felicidade…

Depressa o que era um beijo suave se tornou num beijo cheio de paixão. Eram muitos sentimentos reprimidos, muito amor contido, muito desejo. Yuuki deu por si a agarrar com força o cabelo prateado de Zero, e a puxar o seu corpo contra o dela. Ela queria muito este beijo, e nem ela sabia há quanto tempo o desejava. Zero estava extasiado, sentir aquela paixão vinda de Yuuki era algo com que nunca tinha sonhado…
O fogo do beijo começou a extinguir-se aos poucos, para dar lugar a olhares envergonhados de ambos, apesar de permanecerem abraçados:
– “Zero…o que é que nós…o que foi isto?...”
– “Foi algo mágico…” – Zero sorria, feliz, para Yuuki.
– “Oh Zero…eu…eu estou muito confusa…”
– “Confusa?..” – naquele momento, a felicidade de Zero caiu ao chão, e largou Yuuki repentinamente. Tinha sido um idiota, por pensar que aquele beijo tinha significado alguma coisa para Yuuki…com certeza ela ainda pensava muito em Kaname…provavelmente, até tinha pensado nele quando o beijara…
Um sentimento de revolta surgiu dentro de Zero. Mas que poderia ele pedir mais? Tinha tido a oportunidade de ter um momento mágico com Yuuki…e mesmo que tivesse sido uma ilusão, era uma ilusão maravilhosa…um momento que tinha ficado guardado para sempre na sua cabeça e no seu coração…
– “Zero, espera…é que eu…”
– “Não quero saber mais nada Yuuki. Chega. Desculpa-me por este meu atrevimento, nunca mais voltarei a tocar-te…” – e afastou-se de Yuuki, rumando em direcção ao portão da Day Class.
Oh Zero…baka…nem me deixaste falar…e agora?..estará ele com raiva de mim? Só lhe queria dizer que estava confusa, porque sempre o vi como um irmão…e agora esse desejo todo por ele dentro de mim…parecia um vulcão adormecido…são sentimentos difíceis de entender!..” – reflectiu Yuuki, vendo a figura de Zero afastar-se para longe.
Amanhã temos de conversar…
E Yuuki rumou ao seu quarto, onde uma Yori cheia de sono esperava por ela, preocupada por já ser tão tarde.

~end do capítulo IV~




E pronto =D espero que tenham gostado deste primeiro beijo deles os dois ^^
Todas as críticas são muito bem-vindas! ^^
kisus pra todos vocês =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Black Moon
Vampiro Sangue-Puro
Vampiro Sangue-Puro
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1355
Idade : 22
Localização : Colégio Cross (Night Class)
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Qua Dez 31, 2008 12:21 am

Whoho! 8D

Kissuuuuuuuuuuuuuuuu! *_*
Oh yeah baby! x3

Me loved it!
Your awsome! *_*

_________________

A sign diz tudo~end x3
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumvampireknight.forumeiros.com
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Qua Dez 31, 2008 3:04 am

=D ainda bem ^^

amanhã vou para a serra da estrela pessoal, por isso não sei se vou ter net lá. Se não tiver net, só consigo postar o próximo capítulo no sábado =P

Já agora aproveito para vos desejar a todos um feliz ano novo! ^^

bjinhos a todos =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Miiya-chan
Vampiro Ex-Humano
Vampiro Ex-Humano
avatar

Feminino Número de Mensagens : 341
Idade : 23
Localização : Lixbuna xD
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Qua Dez 31, 2008 1:51 pm

Watashi tar a gostar muito ^^
Está muito fixe...
Gosto da tua maneira de escrever, é leve ^^

Obrigada x3 bom ano tambem para voces!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kagome_chan
Congregação de Vampiros
Congregação de Vampiros
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1647
Idade : 24
Localização : Night Class! ^-^
Data de inscrição : 24/10/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Qua Dez 31, 2008 3:32 pm

Adorei, adorei! *.*

Eu a dizer que iria fazer comentários mas nao me ocorre nenhum! ^^'

A fic está excelente...

Bom ano para todos! ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://temposdelazer-oblog.blogspot.com/
Yuuki_Z
Congregação de Vampiros
Congregação de Vampiros
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1600
Idade : 27
Data de inscrição : 26/10/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Sex Jan 02, 2009 10:54 pm

amei Very Happy

so fiquei meio sem conseguir imaginar o zero a sorrir a dizer "foi magico" o.O
acho um cadinho out of character do zero xD mas quem me dera que isso acontecesse no anime :O acho que me dava um treco de felicidade xD

tens mase de mandar a tua fic pra hino matsuri, a ver se ela aprende a dar "vida feliz" ao zero ò_ó (nao se nota nada que tou chateada por a 2a temporada acabar com ele sozinho xD)

grrr ler este capitulo da fic fez-me desejar nem que seja um piki beijinho entre eles no anime ;_;

Spoiler:
 


quero mais Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Sab Jan 03, 2009 12:04 am

ahaha xD sim, eu sei que o Zero a dizer que "foi mágico" foi um bocado coiso, mas achei que era uma coisa que ele queria tanto, que acabou por lhe sair =D e pronto, ficava bonitinho e tal xD é a vantagem de ser uma fic, podemos dar vazão ao que gostaríamos que de facto acontecesse =D

e sim, aquele final da season, pronto T_T

Vou colocar mais um capítulo =D



Capítulo V – Acidente


– “Yuuki! Finalmente chegaste, estava tão preocupada…” – Yori saiu a correr em direcção a Yuuki, abraçando-a com força. No entanto, Yuuki parecia estática, e estava constantemente a passar as mãos sobre os seus lábios, como que a reviver o seu beijo com Zero.
– “Yori-chan…desculpa…é que hoje foi um dia cheio de surpresas…”
– “Oh Yuuki, não tens de me contar nada! Por falar em surpresas…o Zero-kun hoje parecia tão preocupado contigo! Perguntou por ti, de manhã…e depois à tarde, parecia tão feliz…o pessoal não percebeu nada! Ele tem sempre uma aparência tão fria e distante…” – ao ouvir isto, Yuuki lembrou-se do ar de felicidade de Zero quando tinham terminado o beijo; ficava ainda mais bonito quando aparentava um ar feliz…
– “Yori…acho que vou adormecer assim que me deitar…estou extremamente cansada…se eu amanhã não acordar a horas outra vez, tira-me da cama à força, sim?” – pediu Yuuki, com a sua habitual boa-disposição – “Ok, Yuuki-chan…dorme bem!” – e por fim, deitaram-se as duas nas suas camas.
Yuuki pensou que ia ser fácil adormecer depois de um dia longo como aquele, mas como era de esperar ela não tirava da cabeça a imagem de Zero a beijá-la – “O meu primeiro beijo…”. Por fim, passado um tempo indefinido, finalmente adormeceu.

Do outro lado dos dormitórios, nas divisões masculinas, Zero encontrava-se no balneário público a tomar um duche. Enquanto sentia o conforto que a água quente proporcionava ao seu corpo, Zero reflectia sobre tudo o que se tinha passado naquele dia atribulado:
Yuuki…queria tanto que tivesses sentido o mesmo que eu…o nosso primeiro beijo foi…como exprimir?..Maravilhoso? Maravilhoso é pouco...Eu irei guardar esta recordação para sempre, mesmo que não signifique nada para ti.
Zero acabou o seu duche, e foi em direcção ao estábulo onde se encontrava Lilly, a sua égua de estimação. Queria estar sozinho; queria sentir-se à vontade consigo mesmo, sem ninguém à sua volta para perturbar os seus pensamentos. Nessa noite, não dormiu. Ficou a noite inteira deitado no feno, a recordar o doce sabor dos lábios de Yuuki. E quando finalmente amanheceu, adormeceu devido ao cansaço, com um sorriso nos lábios.

– “Yuuki-chan, pareces cansada! Dormiste bem?” – O Director Kaien perguntava à sua querida filha, enquanto colocava o pequeno almoço na mesa, para ela e para Zero. Panquecas com doce de cenoura e queijo. Yuuki fez um ar enojado quando viu o recheio das panquecas, no entanto começou a comer uma para não magoar o Director.
– “Sim, dormi bem pai…só dormi pouco…Onde está o Zero?”
– “Ia te perguntar isso Yuuki, pensei que tivesses passado por ele quando vieste da casa de banho. Estará ainda a dormir?”
– “Hmm…deixa Direc…ahm, Pai; eu vou procurá-lo!”
– “Oh Yuuki, acaba o teu peque…” – mas quando Kaien se virou para a mesa, Yuuki já não estava lá.

Onde será que se meteu aquele idiota…preciso de falar com ele!” – Yuuki corria pelos corredores da Academia, enquanto revistava todos os sítios possíveis onde Zero pudesse estar. A sua jornada estava a ser infrutífera, mas ela não desistia. Ainda tinha alguns minutos antes das aulas começarem, e além de precisar de falar com Zero, ia fazer com que ele não faltasse às aulas novamente. Quando se deslocou para fora do edifício onde ocorriam as aulas, sentiu o sol quente bater-lhe no rosto – “De facto está um dia maravilhoso...será por isso que ele não apareceu ao pequeno-almoço?”
– “Yuuki! Por aqui fora tão cedo?” – Kaname surgiu à frente de Yuuki, rápido e silencioso, como se fosse um fantasma.
– “Kaname…senpai! Não devias estar a dormir? Este sol não te incomoda?” – Ao fazer essa pergunta, Yuuki sentiu-se automaticamente estúpida. Zero também era um vampiro, e no entanto o sol nunca o tinha incomodado.
– “Ah, Yuuki…todos estes anos da minha existência fizeram com que me habituasse a certas coisas…e o sol nunca me fez grande impressão. Não te preocupes comigo minha querida…eu vinha aqui para falar contigo, precisamente. Fiquei preocupado com aquela nossa pequena discussão de ontem…” – Yuuki recordou então as palavras de Kaname na tarde passada. Essa recordação fez com que sentisse um sabor amargo no coração.
– “Não sei se quero falar disso Kaname…ontem fiquei bastante magoada com a tua falta de tacto para com o Zero.” – E aparentando indignação, virou-se de costas para Kaname. Foi então que Yuuki viu. Lá no fundo, nos estábulos, Zero dormia deitado num monte de feno. Ao seu lado encontrava-se Lilly, também a descansar.
– “Zero…encontrei-te…” – proferiu Yuuki, quase num sussurro. Kaname ao aperceber-se da importância que Zero cada vez mais tinha na vida de Yuuki, ficou extremamente preocupado – “Ela está cada vez mais afastada de mim…já do Kiryuu, parece precisamente o oposto…Oh Yuuki…acho que a tua hora está a chegar…não posso tolerar mais esta situação…” – Kaname desenvolvia agora todo um plano para contar a Yuuki a verdade sobre o seu passado; no entanto, ainda não seria desta vez que tal iria acontecer – “Yuuki, eu vou descansar um pouco…não te atrases para as aulas…fica bem minha querida” – e despediu-se com um beijo na face de Yuuki, o que a deixou corada – “Prometo que me vou portar bem! Até logo, Kaname-senpai!”

Depois de Kaname se afastar, Yuuki rumou em direcção ao estábulo onde se encontrava Zero. Assim que começou a aproximar-se, caminhou muito devagar, para não o acordar. Lilly dormia também, pelo que não sentiu logo a sua presença – “Ah Zero… ficas tão engraçado a dormir…uma cara de anjinho, para alguém que é tão sério quando está acordado...e esse sorriso? Lindo…” – Yuuki não conseguia parar de admirar a figura de Zero. Aparentava uma paz de espírito tremenda, aliada a um corpo escultural e a uma face magnífica.
– “O que é isto que eu sinto por ele?..estou a dar em maluca…eu sei que gosto do Kaname-senpai mas…será que gosto dele da mesma forma que gosto do Zero? Kaname já não me deixa a tremer quando estou perto dele…não penso nele da mesma forma que penso no Zero…será que eu…estou apaixonada…pelo Zero?”
– “Yuuki…” – Zero murmurava, ainda a dormir, o nome dela; a sua face serena mostrava um leve sorriso.
– “Zero...será que estás a sonhar comigo?...” – foi quando disse estas últimas palavras, que Yuuki sentiu-se ser empurrada com violência para fora do estábulo, e automaticamente tudo ficou negro. Lilly tinha acordado, e não tinha gostado nada de ver Yuuki tão debruçada sobre o seu dono, pelo que lhe deu um coice, metendo-a para fora do estábulo. Com tanta algazarra, Zero acordou sobressaltado:
– “Hm? O que é que…o que é que está a acontecer aqui?...” – olhou à sua volta e então viu Yuuki caída no chão, desmaiada. Da sua cabeça saía um rastro de sangue….tinha batido com a cabeça no chão, aberto uma ferida e perdido os sentidos – “LILLY!!! O que é que fizeste à Yuuki!!!” – a égua baixou o olhar, envergonhada, e escondeu-se dentro do estábulo. Zero, que nessa altura já carregava Yuuki nos braços, dirigiu-se a correr à enfermaria – “Tenho de resistir….vou ser forte, eu vou conseguir chegar lá sem lhe tocar…mas este cheiro…não! Eu vou resistir!...eu vou!!
Do outro lado do jardim, Kaname observava a cena – “Isto já foi longe demais, Kiryuu. Amanhã, Yuuki vai ser minha. De vez. E nada poderás fazer para mudar isso.” – um sorriso surgiu no rosto belo e malvado de Kaname, ao imaginar o sofrimento de Zero.
Correndo desenfreadamente, Zero chegou à enfermaria, conseguindo resistir à tentação do sangue de Yuuki. Assim que a colocou na maca e explicou à enfermeira o que tinha sucedido, saiu a correr dali para fora, pois já estava no limite das suas forças… – “Yuuki Baka…porque é que tinhas de ir ter comigo ao estábulo? Porquê?” – a face de Zero transbordava de preocupação – “Agora só volto à enfermaria quando já não sentir o cheiro do sangue dela…” – e dirigiu-se ao seu quarto, para acalmar o monstro que nele teimava surgir.

~End do capítulo V~




hope you like it! ^^ mais coisas estão para vir...hehe =D

e a ver se é HOJE que leio as fics todas que andam aqui =D ainda só lia a da Bela...sorry malta, hoje vou ver se leio o resto ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Yuuki_Z
Congregação de Vampiros
Congregação de Vampiros
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1600
Idade : 27
Data de inscrição : 26/10/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Sab Jan 03, 2009 1:32 am

omg cada vez gosto mais *_*

kaname é mauzinho xD mas da-lhe charme Cool

gostei muito yuuki-chan ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
kagome_chan
Congregação de Vampiros
Congregação de Vampiros
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1647
Idade : 24
Localização : Night Class! ^-^
Data de inscrição : 24/10/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Seg Jan 05, 2009 7:37 pm

omG!

A égua está com ciumes x'D
I loved it! *_*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://temposdelazer-oblog.blogspot.com/
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Seg Jan 05, 2009 11:24 pm

Very Happy sim sim, a Lilly é ciumenta xD

bem, vou colocar o capítulo VI...gosto muito deste capítulo =)



Capítulo VI – Declarações



Caminhando pelos corredores da Academia, Zero encontrava-se absorto nos seus pensamentos. A sua cabeça fervilhava com as questões que colocava a si próprio – “Porque é que ela foi ter comigo ao estábulo?...” – Zero estava cansado de tentar encontrar respostas para as perguntas que ecoavam na sua mente. Assim que Yuuki estivesse restabelecida, ia meter um ponto final naquela situação. Não podia continuar a viver com medo de demonstrar o que sentia por ela…
Entretanto, ainda no corredor, um vulto estacou à frente de Zero; era Kaname:
– “Kiryuu, Kiryuu…isto está a ir longe demais…hoje a Yuuki magoou-se por tua causa!”
– “Eu…eu sei…” – Zero estava abatido pelo facto de Kaname ter razão. Yuuki tinha-se ferido por causa dele, e isso era imperdoável… – “Mas eu não irei permitir que Yuuki se magoe novamente por minha causa, eu …”
– “Silêncio Kiryuu!…a partir de agora, eu ditarei as regras! Amanhã, a Yuuki que conheceste não será mais a mesma…é uma pena, mas vais ter de sofrer com a sua ausência! Porque depois do que acontecerá amanhã, nem ela vai querer mais estar contigo, nem tu vais suportar tê-la perto de ti….ahahah!” – Kaname ria alto, as gargalhadas maquiavélicas a surgirem-lhe na face resplandecente. O seu olhar frio, mortal, trespassava Zero, que estava confuso com o discurso dele.
– “Mas…o que é que queres dizer com isso? Lá porque a Yuuki gosta de ti, não quer dizer que ela não se importe minimamente comigo. E tu sabes disso, idiota...”
– “Ahahaha….AHAHAHAH!!! És mesmo imbecil Kiryuu…amanhã verás por ti o que a tua doce Yuuki é realmente…ahahaha….e desengana-te, pois ela por ti só sente pena. Pena e compaixão de irmã. É a mim que ela ama….ahahaha…” – Kaname ria cada vez mais, divertido com a expressão de raiva de Zero.
– “CRETINO!!! Tu hás de pagar por tudo o que estás a fazer!! E amanhã vamos ver, quem é que ri por último!” – e dito isto, Zero empurrou Kaname para o seu lado direito, afastando-o do seu caminho, para se dirigir ao seu quarto. No corredor ainda se encontrava Kaname, deliciado com o ataque de fúria que tinha proporcionado a Zero – “Mal sabe ele…a Yuuki sempre foi minha e sempre será…pobre verme, até me dá pena!” – e seguiu o caminho para a enfermaria, onde se encontrava Yuuki.

– “Zero…Zero….” – Yuuki delirava, ainda sob o efeito da sedação que lhe tinham dado. Kaname observava-a, com uma expressão apática, inconformado com o facto dos pensamentos de Yuuki se dirigirem apenas a Zero – “Ah, minha querida…amanhã vais te lembrar de tudo…e então, já não vais precisar de ter esse imbecil na tua cabeça…eu serei o teu amante e confidente.” – Entretanto, Yuuki começou a abrir os olhos. Ao deparar-se com Kaname, um sorriso surgiu no seu rosto:
– “Kaname-senpai…onde estou?...”
– “Descansa, Yuuki…tiveste um acidente, aquela mul…égua do Kiryuu magoou-te e bateste com a cabeça…fizeste um pequeno traumatismo, querida.”
– “Kaname…senpai…e…onde está o Zero?...” – Kaname revirou os olhos com a pergunta de Yuuki – “O Kiryuu está algures na Academia, parece que o que te aconteceu não foi suficientemente importante para te poder vir ver.” – Kaname aproveitava para colocar a situação a seu favor, aproveitando-se da fragilidade de Yuuki e da fraqueza de Zero.
– “Oh…” – Yuuki ficou triste, ao ponderar se seriam verdadeiras as palavras que Kaname proferira – “…espero vê-lo em breve…bem, mas pelo menos tenho a tua companhia….obrigada Kaname-senpai…”
– “Yuuki…não tens de me agradecer…e podes me chamar apenas de Kaname…” – No momento em que acabava de dizer estas palavras, Kaname colocava os seus lábios na face de Yuuki, dando-lhe um beijo doce, carinhoso, e demorado, que a deixou extremamente vermelha – “Ahm…se calhar é melhor Kaname ir agora…ainda estou sonolenta da medicação, acho que vou dormir mais um pouco...” – Yuuki sentia-se constrangida com aquelas atitudes de Kaname; ele parecia olhá-la como a quem olha uma pessoa pela qual se está apaixonado.
– “Claro, Yuuki…descansa. E sonha comigo, meu amor. Amanhã…será um dia diferente.” – Ao dizer isto, Kaname deu um beijo rápido na testa de Yuuki, e partiu calmamente. Yuuki sentiu-se ainda mais vermelha, ao ouvir aquelas palavras da boca de Kaname – “Ele chamou-me…de...meu amor?? Oh não…já não sei o que hei de pensar…” – Yuuki equacionava mas uma vez Zero e Kaname na sua cabeça – “Mas…eu só tenho pensado no Zero…a sua presença deixa-me tonta…e Kaname…ele é lindo e eu adoro-o, mas…eu não me imagino com ele para sempre…além de que Zero…apesar de ser um vampiro, é muito mais…humano!…

A tarde passou, e perto da hora de jantar Zero achou que já seria seguro ir ver Yuuki à enfermaria, pois já não sentia o cheiro do sangue dela no ar. No entanto, quando lá chegou, não a encontrou. As palavras de Kaname ecoaram-lhe imediatamente na cabeça – “…amanhã verás por ti o que a tua doce Yuuki é realmente…” – Será que aquele cretino se teria antecipado? Teria feito o que quer que fosse à Yuuki hoje?
– “Só me resta procurar a resposta para essa pergunta…” – pensou Zero, enquanto se dirigia rapidamente à Enfermeira que estava de serviço:
– “Enfermeira Mitsu, a Yuuki já teve alta? Sabe para onde ela foi??” – A pergunta de Zero foi feita de maneira tão rápida e brusca que a enfermeira até se assustou.
– “Ahm? Oh…mais ou menos Zero, ela só teve alta da enfermaria…mas eu aconselhei-a a ficar no quarto dela a descansar até amanhã, para que ela recupere melhor do pequeno traumatismo que fez na cabeça. Ela saiu daqui com a Yori, portanto não precisas de te preocupar com ela, querido.” – A enfermeira tentava dar a Zero a melhor explicação possível, pois o rapaz estava com um ar extremamente preocupado.
– “Obrigada Enfermeira Mitsu!!” – E Zero saiu a correr da enfermaria, para chegar o mais rapidamente ao quarto partilhado de Yuuki e Yori – “Se ela saiu com a Yori…deve estar bem, o Kaname ainda não lhe deve ter feito nada…de qualquer das formas, é melhor verificar, e eu ainda tenho de falar com ela…” – Zero estremeceu, ao pensar no que iria dizer a Yuuki. Não conseguia encontrar as palavras certas para exprimir tudo aquilo que sentia, ou melhor, que sempre sentiu. Ao chegar ao quarto, bateu levemente à porta:
– “Yuuki? Posso entrar?”
– “Yuuki…É o Zero…queres que o mande embora para descansares?” – Yori perguntava baixinho à amiga. No entanto, a resposta de Yuuki surpreendeu-a:
– “Não Yori…abre-lhe a porta…eu quero falar com ele…” – sussurrava Yuuki, ainda sonolenta, mas a começar a sentir-se mais disposta.
– “Ok, Yuuki-chan.” – E Yori deslocou-se em direcção à porta do quarto, abrindo-a – “Entra, Zero-kun. A Yuuki ainda está meio sonolenta mas…ela quer falar contigo.”
– “Obrigada Yori!” – disse Zero, esboçando um sorriso e deixando Yori admirada – “Ora…de nada…erm…vocês…se calhar querem falar em privado…eu…vou sair um pouco!” – E virou-se para Yuuki, piscando-lhe um olho e saindo de seguida do quarto.

Fora da Academia, o dia já se tinha transformado em noite. Com Yuuki de cama, e Zero a fazer-lhe companhia, as alunas da Day Class ficaram livres para contemplar os seus ídolos. Nunca numa noite tinham ocorrido tantos gritos e desmaios em torno da Night Class. Tantos, ao ponto do Director Kaien ter de agir e meter uma grande quantidade de alunas sob castigo, algo que o Director só executava em caso de extrema necessidade. No entanto, sabia que os seus queridos filhos não tinham culpa; Yuuki precisava se restabelecer, e Zero estava a ser um excelente irmão. Kaien só tinha de dar graças aos deuses por ter filhos tão bons – “Ah, meus queridos filhos…vocês são o orgulho do papá!” – pensava Kaien, enquanto metia ordem naquelas miúdas desvairadas da Day Class.

Não muito longe dali, Kaname encontrava-se sozinho e escondido, perto de uma janela bastante familiar, a escutar tudo o que se passava à sua volta…

– “Yuuki…estás melhor?” – Zero contemplava Yuuki com ternura, mas ao mesmo tempo agonizado por saber que ela se tinha magoado por sua causa.
– “Oh Zero…a culpa foi minha…eu sabia que a tua égua não gostava de mim, e mesmo assim fui lá intrometer-me no vosso estábulo…”
– “Sim, realmente fostes uma tonta…já devias saber que a minha Lilly tem ciúmes de ti! Mas…porque é que foste ter comigo ao estábulo, Yuuki?” – Zero tinha curiosidade, mas ao mesmo tempo tinha receio de saber a resposta.
– “Fui ter contigo porque…não apareceste ao pequeno-almoço…e…eu precisava de falar contigo, Zero…ainda preciso…” – Yuuki ao dizer isto tentou se levantar da cama, o que fez com que Zero a bloqueasse automaticamente, ficando mais perto dela – “Nem penses em mexer um único dedo dessa cama, Dona Yuuki. Precisas de ficar deitada a descansar. Ordens da Enfermeira.”
– “Se ficares aqui comigo, Zero…não preciso de ir a mais lado nenhum…” – Yuuki sentiu-se corar ao dizer estas palavras. No entanto, era verdade; Yuuki queria muito que Zero ficasse do seu lado, não queria que ele se fosse embora dali.
– “Oh Yuuki…eu não vou a lado nenhum….ficarei a noite toda aqui contigo, se isso te deixar feliz…” – e ao dizer isto, Zero sentou-se mais perto de Yuuki, o que fez com que a rapariga sentisse todo o calor que emanava do seu corpo. Os olhos de Zero brilhavam, como que querendo contar algo e não conseguindo – “Sabes, Yuuki…eu também precisava de falar contigo. Mas as senhoras em primeiro lugar!” – brincou Zero, divertido.
– “Ah não Zero…agora estou curiosa…diz-me tu primeiro, o que tens para me contar!”
– “Não sei se é uma boa ideia ser eu o primeiro, Yuuki…” – Zero estava a começar a ficar nervoso. Agora que estava a chegar a altura em que iria contar tudo a Yuuki, sentia-se com medo. Medo de ser rejeitado.
– “Ora…e porque é que tenho de ser eu, então? Também não sabes o que te quero dizer…” – Yuuki também se sentia relutante em começar aquela conversa. No fundo, ela já tinha certeza daquilo que sentia. Mas as palavras custavam-lhe a sair, era muito complicado.
– “…Yuuki…sabes que eu não sou de muitas palavras…por favor, diz-me tu primeiro o que tens para me dizer, assim pode ser que eu ganhe coragem…”
– “Coragem? Mas…que quererá ele me dizer? Terá a ver com o que eu lhe quero dizer?” – Yuuki sentia-se agora ainda mais nervosa – “Oh Zero…o que eu te quero dizer…é que……eu e tu……tu e eu…” – Yuuki estava com muita dificuldade em exprimir os seus sentimentos – “Eu não quero ficar mais longe de ti, Zero. Nunca mais. Pronto, já disse.” – Yuuki sentiu-se corar ao dizer aquelas palavras.
– “Tu…o quê, Yuuki?” – Zero pensava que tinha percebido mal.
– “Eu…eu…tu sabes, Zero...eu sempre achei que estava apaixonada pelo Kaname…durante todos estes anos, vivi meio que obcecada pela existência dele…mas agora descobri que tudo isso não passou de afecto, amizade e gratidão…eu gosto muito de Kaname, mas podemos dizer que o que eu sinto por ele assemelha-se mais a um amor de irmão…” – Yuuki não deixou de pensar em como era irónica toda aquela situação; Estava apaixonada por Zero, que era o seu irmão de criação, e no entanto era por Kaname que sentia esse afecto próprio de irmãos.
– “Yuuki….isso tudo que me estás a contar…é mesmo verdade?” – Zero continuava incrédulo.
– “Claro que é baka…eu apercebi-me que via o Kaname como um irmão, porque eu…finalmente percebi que estava apaixonada por outra pessoa…e essa pessoa…és tu Zero.” – Naquele momento, Yuuki afundou a sua cabeça debaixo dos cobertores, demasiado envergonhada para encarar Zero. No entanto, este destapou imediatamente a sua cabeça, já radiante de felicidade:
– “Yuuki!! Tu tens ideia de como isso me faz feliz? Eu vinha aqui hoje, para te dizer exactamente o mesmo, meu amor….tu és aquela que me faz querer viver, sem ti a minha vida não tinha significado algum…amo-te…tanto!” – ao dizer aquelas palavras, Zero apoderou-se da face de Yuuki e deu-lhe um beijo cheio de paixão. As bocas dos dois enrolavam-se com loucura e sofreguidão, era um beijo cheio de desejo. Zero sentiu as mãos de Yuuki a passarem pelas suas costas, debaixo da sua camisa. Senti-la assim tão perto dele levou a que ele se deitasse também na cama, ficando lado a lado com ela. Estando tão perto, os corpos de ambos aproximaram-se para dar lugar a um êxtase ainda maior. Beijavam-se desenfreadamente, talvez para compensar tanto tempo perdido, tantas carícias desperdiçadas, tantos momentos longe um do outro…
– “…Oh, Zero…adoro os teus beijos…quero-os para sempre…” – Yuuki ainda ofegava, quase sem fôlego depois de alguns beijos apaixonados.
– “...Yuuki…no que depender de mim…nunca mais te vou largar, meu amor…” – Zero ainda ponderava se estaria a sonhar. Estava a ser tudo demasiado perfeito para ser real. No entanto, ele estava ali, com o seu amor nos braços, feliz.
– “Prometes-me que nunca me vais deixar, Zero..? Promete…”
– “Nunca te irei abandonar, Yuuki…nunca…”
– “…Amo-te, Zero!”
Depois de Yuuki proferir a mítica frase dos apaixonados, o casal ouviu um barulho na janela e assustou-se. Os vidros tinham começado a rachar, e estavam prestes a estilhaçar-se.
– “Cuidado Yuuki, mete-te atrás de mim, não quero que te magoes mais. Parece que os vidros da tua janela se vão partir, que estranho…”

Do lado de fora, Kaname não conseguia esconder a raiva que sentia depois de ouvir Yuuki dizer que amava outro. Principalmente por esse outro ser aquele verme que tanto odiava – “Amanhã…amanhã! Amanhã vocês já não irão trocar mais juras de amor! Hás-de arrepender-te amargamente por isto Kiryuu...” – e com este pensamento, afastou-se da janela do quarto de Yuuki, estilhaçando-a por completo.

~End do capítulo VI~



Este capítulo foir maiorzito, mas pronto Razz espero que tenham gostado ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Dark-chan
Vampiro Sangue-Puro
Vampiro Sangue-Puro
avatar

Feminino Número de Mensagens : 969
Idade : 24
Localização : Colégio Cross (Night Class)
Data de inscrição : 14/08/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Seg Jan 12, 2009 8:32 pm

Menina Yuuki_Bliss não gosto de ser desmancha-prazeres mas ,tenha cuidado ... para ver se não faz muitos posts seguidos.
Spoiler:
 
Wink

_________________
Photobucket

Queres conhecer o melhor anime de vampiros do mundo ?
Inscreve-te e diverte-te!

Spoiler:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumvampireknight.forumeiros.com/portal.htm
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Seg Jan 12, 2009 9:02 pm

Desculpa Embarassed

só fiz seguidos para"separar" os capítulos...e como tinha lido outra fic aqui que tinha nesse formato, pensei que não houvesse problema, sorry...

mim edita os posts Wink

EDIT: afinal não dá pra editar o primeiro...se eu meter os 3 caps no mesmo post diz que excedeu o limite de escrita autorizada ou wtv....sorry...

mas eu não faço mais, só fiz aqui pelo que expliquei, pensei que não houvesse mal

Embarassed
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Yuuki_Z
Congregação de Vampiros
Congregação de Vampiros
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1600
Idade : 27
Data de inscrição : 26/10/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Ter Jan 13, 2009 9:12 am

yukiiiii amei O.O likeeee amei mesmoooooooooooooooooo Very Happy

more more more Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dark-chan
Vampiro Sangue-Puro
Vampiro Sangue-Puro
avatar

Feminino Número de Mensagens : 969
Idade : 24
Localização : Colégio Cross (Night Class)
Data de inscrição : 14/08/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Qua Jan 14, 2009 10:24 pm

Yuuki_Bliss escreveu:
Desculpa Embarassed

só fiz seguidos para"separar" os capítulos...e como tinha lido outra fic aqui que tinha nesse formato, pensei que não houvesse problema, sorry...

mim edita os posts Wink

EDIT: afinal não dá pra editar o primeiro...se eu meter os 3 caps no mesmo post diz que excedeu o limite de escrita autorizada ou wtv....sorry...

mas eu não faço mais, só fiz aqui pelo que expliquei, pensei que não houvesse mal

Embarassed

Não tens que pedir desculpa Yuuki_Bliss ^^

Eu percebo perfeitamente , mas podes continuar a mesma com o tópico está muito giro.

Só te peço para tentares ter um pouco de mais cuidado, tenta não fazer muitos posts seguidos...

_________________
Photobucket

Queres conhecer o melhor anime de vampiros do mundo ?
Inscreve-te e diverte-te!

Spoiler:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumvampireknight.forumeiros.com/portal.htm
caroldot
Vampiro
Vampiro
avatar

Feminino Número de Mensagens : 418
Idade : 22
Localização : Brasil
Data de inscrição : 03/09/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Qua Jan 14, 2009 10:53 pm

perfeito!!!!!!!!!!!!!!!!

cada vez gosto mais de tua fic!!!!!!!

Está super giro.

:X.X:

Mi quer mais!!!!!!!!!!!!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yuuki_Bliss
Vampiro Hunter
Vampiro Hunter
avatar

Feminino Número de Mensagens : 587
Idade : 32
Localização : Neverland
Data de inscrição : 29/12/2008

MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   Qui Jan 15, 2009 1:04 am

obrigada a todos =D fico feliz por gostarem ^^

mas eu incentivo-vos a criticarem ferozmente xD eu gosto de saber o que posso melhorar. Por exemplo, eu já escrevi esta fic até ao cap. VIII....e ainda não coloquei cá os restantes capítulos porque quero fazer ligeiras modificações (eu cada vez que leio a fic apetece-me mudar qualquer coisa xD)

mas agora só posso colocar a continuação perto de Fevereiro...porque estou em exames, e não tenho tempo para fazer as modificações que quero ^^

anyway, esperam-se momentos algo dramáticos, é só o que eu digo.

ahah =D wait and you will see!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://yuukibliss.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: † Yuuki x Zero Love †   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
† Yuuki x Zero Love †
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Love On Top 3
» [TW-DRAMA] Love Contract
» LAKORN LOVE ME IF YOU DARE
» [J-DRAMA] LOVE THAT MAKES YOU CRY
» Sobre Noble, My Love

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Vampire Knight :: Outros Assuntos :: Fanfics-
Ir para: